Author: Vitor Osório

15º Aniversário

Structure Value – 15º Aniversário

Structure Value - 15º Aniversário       A Structure Value é uma das empresas líderes em avaliação imobiliária, com sede no Porto e escritório em Lisboa, conta com uma equipa interna permanente e qualificada de 8 técnicos e com mais de 60 parceiros locais assegurando a cobertura de todo o território nacional.     É com grande responsabilidade e conscientes do que já fizemos até ao presente, que celebramos o 15º aniversário da Structure Value. Uma combinação única entre experiência, ambição e conhecimento. Desde o início o nosso objetivo foi ser uma empresa especializada em avaliação imobiliária e uma referência no setor.     Ao longo destes 15 anos, temos crescido de forma consolidada e com bases sólidas e contamos hoje, com uma equipa de profissionais altamente experiente e apaixonada pelo que fazem. O impacto que geramos no mercado tem-se multiplicado favoravelmente na confiança do mesmo na empresa, confirmado pela sustentabilidade dos nossos resultados comercias e financeiros, ano após...

Ver mais...
Avaliação de Projetos Imobiliários

Avaliação de Projetos Imobiliários – Modelos de Discounted Cash Flow

  A avaliação imobiliária de projetos é fundamental, não só para a valorização do património, assim como também essencial para compreender e quantificar o potencial dum determinado ativo. Por isso, considero que a avaliação deste tipo de ativos reúne competências oriundas de vários quadrantes, ou seja, viabilidade urbanística, recolha de dados do mercado, modelo de avaliação financeira e testes de fiabilidade.   Neste artigo vou excluir a viabilidade urbanística, pois esse deve ser um pressuposto base para que este tipo de modelo seja aplicado, contudo é sempre importante aferir inicialmente através dos IGT disponíveis, da exequibilidade de um projeto e condições de viabilidade, a menos que nos seja fornecido antecipadamente estudo prévio ou pedido de informação previa. Exclui também a recolha de dados que será tratada em artigo futuro.   O foco é nos modelos de avaliação financeira utilizados e/ou convertidos para a avaliação imobiliária. Estes são assentes no critério do DCF (Discounted Cash Flow)...

Ver mais...
Aumento do Preço com Gestão da Oferta

Aumento do Preço com Gestão da Oferta

    O mercado imobiliário no segmento habitacional está dinâmico, verificando-se que muitos promotores e construtores estão a gerir a oferta para venda das casas novas, com o intuito de gerar escassez e por sua vez aumentar os preços de venda.   Este comportamento altera o mercado e tem acontecido, sobretudo em localizações especificas onde a procura é já de si forte face à oferta. A construção nova não é um produto que esteja disponível no imediato, ou seja, necessita de tempo. O ritmo da construção não está a acompanhar o da procura, assim há claramente um “gap” de mercado, o que tem permitido do lado da oferta gerir o preço e a quantidade a disponibilizar, limitando as vendas num claro interesse em incrementar o preço das casas supostamente disponíveis. Trata-se duma tentativa de conseguir extrair do mercado mais ganhos e maximizar os proveitos, proporcionado por compradores que se veem limitados na oferta existente/nova...

Ver mais...
Revisão da Lei dos Solos

Revisão da Lei dos Solos

Revisão da Lei dos Solos     Como tem vindo a ser ventilado nos últimos tempos/semanas o atual Governo preparou, uma estratégia para a habitação com o programa “Construir Portugal”, onde para além doutras medidas aborda a revisão da Lei dos Solos, e que a mesma se percebe está a ser conjugada entre vários Ministérios, Agricultura e Infraestruturas/Habitação.   Esta medida entre outras alterações e de acordo com as palavras do Ministro da Agricultura, José Manuel Fernandes, vai prever o uso de solos rústicos para soluções construtivas sustentáveis. Essas soluções referem-se sobretudo a habitações a custos controlados, arrendamento e alojamento temporário, para além de atividades ou industriais diretamente relacionadas com o apoio agrícola.   Este contributo segundo o Governo virá contribuir para promover a “coesão territorial”, por um lado pela necessidade de oferta e construção habitacional em algumas zonas/solos rústicos/agrícolas e por outro lado facilitar o processo de construções afetas à agricultura. De algum modo parece-me que...

Ver mais...
Avaliação Patrimonial dos Prédios Rústicos

Avaliação Patrimonial dos Prédios Rústicos

Avaliação Patrimonial dos Prédios Rústicos   Recentemente foram desenvolvidas ferramentas, quer pela DGT ou como o BUPi nas câmaras municipais, que permitem ter uma visão real dos prédios rústicos, esta é uma área fundamental no contexto da gestão territorial, permitirá em conjunto coma AT atribuir um valor patrimonial tributável aos terrenos agrícolas, florestais ou outros não urbanizáveis. Esta avaliação patrimonial dos prédios rústicos requer um processo de avaliação distinto que, por vezes, se pode tornar complexo, devendo para o efeito serem usadas metodologias de avaliação específicas de rendimento e da cultura/povoamento.         Uma ferramenta importante que tem vindo a modernizar e facilitar esse processo é o BUPi - Balção Único do Prédio. O BUPi é uma plataforma digital, que tem como objetivo centralizar e simplificar todo o processo de identificação, registo e avaliação dos prédios rústicos e mistos, tornando-o mais transparente, eficiente e acessível. O BUPi opera como uma plataforma online onde proprietários, compradores,...

Ver mais...
Balanço de 2023 e perspectivas para 2024

Balanço de 2023 e perspectivas para 2024

    Ainda no decorrer do primeiro trimestre de 2024, olhamos para o ano passado com um sentimento de enorme orgulho pelo trabalho realizado e também pelos objetivos alcançados.   Sendo a Structure Value uma empresa especializada na avaliação de imóveis, consolidamos a nossa posição no setor, contribuindo para isso, o aumento do volume de negócios e também o aumento do número de clientes em todos os segmentos. A Structure Value assume assim um papel de destaque a nível nacional, pela qualidade do seu serviço, mas também pela quantidade de avaliações e m2 avaliados em 2023.   Os números são claros e em 2023 realizamos milhares de avaliações que totalizam um valor global dos imóveis de cerca 2,5 mil milhões de euros, num total de cerca 2,8 milhões de metros quadros avaliados, somos efetivamente uma referência no setor, os clientes procuram-nos para darmos resposta às suas necessidades no âmbito da avaliação.   A expectativa para 2024 é de...

Ver mais...
FASES DO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS

Fases do processo de avaliação de imóveis

Fases do processo de avaliação de imóveis       A avaliação para fins hipotecários efetiva-se com a emissão dum relatório de avaliação, cujo objetivo é servir como garantia para o empréstimo hipotecário a conceder por uma instituição financeira. O valor de mercado do imóvel resultante duma avaliação hipotecária é independente do valor pelo qual a transação de compra e venda possa ser efetuada, por isso é muito importante saber como uma avaliação de imóveis com este objetivo é realizada. O processo de avaliação hipotecária de um imóvel, por norma desperta uma grande curiosidade entre compradores e vendedores de um ativo imobiliário. Não é em vão que o valor que se reflete no relatório de avaliação depende, em muitos casos, da obtenção do empréstimo de que o comprador precisa para realizar o negócio. Este importante papel exige que a avaliação seja realizada por uma empresa de avaliação inscrita na CMVM, aprovada pelo BDP e em...

Ver mais...
A realidade (hoje) do Alojamento Local

A realidade (hoje) do Alojamento Local

A realidade (hoje) do Alojamento Local   Nas últimas décadas, as cidades viram progressivamente os seus centros históricos ser esvaziados de pessoas e bens muito devido à migração para as periferias, quer por motivos económicos, quer por uma questão de proximidade aos locais de trabalho, uma vez que a indústria se implantava/implanta em zonas periféricas às grandes cidades. As empresas foram ocupando parte desses edifícios, tendo sido convertidos muitos deles em serviços. Contudo, os restantes edifícios ficaram devolutos e progressivamente deteriorados, devido à inexistente manutenção e ao abandono. Este efeito transformou as cidades, mais concretamente os seus centros, tornando-os cheios de vida, atividade e movimento durante o dia, mas à noite em locais onde a maioria de nós nunca ia passear.   No sentido de combater a degradação dos edifícios nas zonas históricas das cidades, promover o retorno da população aos centros históricos, assim como, e não menos importante, promover a reabilitação do edificado...

Ver mais...
Análise do contexto económico e imobiliário para 2024

Análise do contexto económico e imobiliário para 2024

Análise do contexto económico e imobiliário para 2024     Neste artigo vai ser feita a análise do contexto económico e imobiliário para 2024, começando pelo contexto económico.   Contexto Económico   A economia portuguesa em 2023 teve um crescimento de 2,1%, contudo tudo indica que para 2024 haja um abrandamento, e desse modo projetando-se um crescimento de 1,2%. Esta estimativa é corroborada pelo Banco de Portugal e pelo Gabinete de Estudo Económicos do Ministério da Economia, a trajetória decrescente resulta ainda da inflação, das elevadas taxas de juro, o que tem conduzido a economia a situações de pressão, nomeadamente O aumento dos preços dos bens e das matérias-primas, conjugado com o cenário de crise energética sempre eminente e dos conflitos mundiais. A evolução da economia na zona euro projeta-se para 2024 com uma ligeira variação estimada em 0,8% (TVA – taxa de variação média anual). A nível nacional os principais impactos resultantes da conjuntura e das políticas...

Ver mais...
Asking price / Closing price

Asking price / Closing price

  Os preços de pedido ou também denominados por asking prices podem em muitos casos ter uma variação maior face ao denominado closing prices - preços de fecho. Estas denominações são habitualmente utilizadas no imobiliário para explicar a diferença entre o preço de pedido e o de venda efetivo ou fecho do negócio.   Esta diferença está um pouco mais acentuada e por parte dos vendedores é sentida sobretudo no contexto de mais tempo de exposição para o imóvel ser comprado ou absorvido pelo mercado. Trata-se duma realidade que não está diretamente associada à descida dos preços dos imóveis, mas simplesmente reflete que de certo modo o investimento em imobiliário tem abrandado, não obstante os preços em geral se tenham mantido estabilizados, o que numa ótica do vendedor terá de refletir esse desconto no seu investimento. Note-se que os preços em média entre asking e closing poderiam variar 5%, porém o que pode estar...

Ver mais...

    Consinto a STRUCTURE VALUE a enviar-me ações de marketing, nos termos definidos na Política de Privacidade e direito à informação.